terça-feira, dezembro 13, 2016

RESPEITAR A LEI É MANTER A CIVILIDADE E EVITAR A BARBÁRIE

 O congresso é o principal responsável por essa situação de afastamento com o povo, depois vem o MBL, o vem pra rua e outros movimentos. Realmente, a histeria impede que o histérico tenha capacidade de entender o que ler, pois o histérico, além de gostar de ouvir o som da própria voz, só que ler e ouvir aquilo que torna real seu pensamento, esta análise já tinha sido feito antes  em relação à esquerda, mas histérico é histérico sendo esquerda ou direita. Alguns colunista da veja, vem alertando pela necessidade, tanto conjuntural quanto em relação ao futuro das instituições, que não se deve, atropelar as leis, nem para pegar bandido, pois cria uma maneira de agir e depois qualquer um, mesmo não sendo bandido pode ser vitima deste processo ilegal, mas alguns não entenderam a mensagem, não entenderam a conjuntura, acreditaram que o jogo estava ganho, e que agora era empurrar o congresso e o judiciário de qualquer jeito pra frente e tudo caminharia para o triunfo da lei e da ordem, mesmo usando critérios fora da lei e fora da ordem, se enganaram, mas quem perde é o país, que coloca ideias atrasadas de novo como se fossem boas. Ora a esquerda tem mais de 100 anos dominando a política e a cultura do país, teve nos 13 anos de petismo,  uma transferência ilegal de recurso financeiro gigantesco, que possibilitou comprar mentes e canetas e diplomas, mantendo muitas forças retrógradas do Brasil a serviço da sujeira esquerdista, com muita capilaridade para movimentar seus soldados do mal, como jornalistas que apostam na mentira e na difamação, doutores que apostam no caos, juízes e nos incompetentes professores tanto de escolas secundária, é só ver a condição do aprendizado no país, como também das universidades.
Então, prudência, luta, organização e acima de tudo inteligência, são necessários para derrotar uma ideia que além de matar gays, atrai gays para suas fileiras, que consegue contar o conto das carochinhas para adultos infantilizados e pobres desiludidos e ainda conta com a ajuda de bêbados morais e burros políticos, que mesmo se afirmando direitista, colabora com a agenda nazi fascista da esquerda.
O Brasil entra naquela fase que depende exclusivamente da capacidade de seu povo de saber enxergar para além das aparências e não se deixar enganar de novo pelo canto das sereias daqueles que querem apenas ganhar  relógios de vinte mil reais, terem sítios adquiridos de forma obscena, enganar o povo, roubar suas economias, e de forma explicita tentarem roubar a democracia, fazendo do supremo uma quitanda e o jornalismo uma letra morta oficial.
O Brasil assistiu na era do governo petista, a transformação do Brasil numa quitanda vermelha, onde oposição era crime e pensar independente era uma vergonha, além de gerar uma leva de mais de vinte milhões de desempregados, pois eu não acho bolsa família emprego. Uma pergunta para o povo -
Queremos de volta esta calamidade?
Ronaldo Braga

Nenhum comentário: