domingo, setembro 11, 2016


 APOIO O TEMER ATÉ 18. DEPOIS RUA.
(SALVO SE NÃO CAIR ANTES NA JUSTIÇA ELEITORAL)

O Brasil sempre foi governado por ou patrimonialistas, ou por esquerdistas e em ambos os casos, o povo sempre foi relegado à segundo plano, os patrimonialistas assaltam o estado para beneficiar seus empreendimentos, para protegerem seus interesses e criam uma casta no serviço público aos seus serviços, os esquerdistas se apropriam do estado como coisa particular de um partido e enquanto não eliminam a antiga casta, os patrimonialistas, se aliam a ela e juntos golpeiam o povo, no caso da esquerda no poder o povo é golpeado enquanto os discursos se multiplicam em favor do povo, no caso dos patrimonialistas os discursos são no sentido das dificuldades de atendimento, ambos enrolam o povo, ambos justificam suas sanhas assassinas e perdulárias no discurso, um do futuro e outro das dificuldades do presente.
O pmdb representa os patrimonialistas, que junto com o PT assaltou os cofres do Brasil, mas agora é a ponte para o futuro, sempre o futuro,  o pt é a esquerda, que transformou o Brasil em uma fazenda da família Lula da Silva e deu bilhões para a casta patrimonialista.
O Brasil precisa descobrir seus brasileiros trabalhadores, tanto empreendedores patrões como empregados e valorizar o mérito, a capacidade de trabalho e a busca por uma boa vida fruto do suor que escorre do próprio rosto, chega de aproveitadores, de bandidos com colarinho branco seja de origem pobre ou rica. O ser humano luta para melhorar de vida e é isso que não quer o marxismo, é isso que não quer os patrimonialistas, pois tanto esquerda como patrimonialistas, desejam o povo como escravo. Os marxistas desejam escravidão total do povo,  e os patrimonialistas, a escravidão disfarçada.
é preciso entrar na guerra cultural e política, munido com variedade de exemplos e de leituras, combatendo a hegemonia, pois não existe nada pior para uma sociedade, do que patrimonialismo e esquerda.

www.ronaldobragas.blogspot.com.br
Ronaldo Braga

Um comentário:

CLAUDIUS disse...


Estão levando para as tais manifestações os nossos combalidos. A esquerda brasileira deveria juntar os cacos e formarem um bloco pensante. As coisas que ela escreve cheira a naftalina, BHC de muitas décadas e DDT que jogavam nas paredes para erradicar o transmissor da doença de Chagas e da febre amarela e da malária. Eu sou liberal, capitalista, democrata e defendo a economia global. Leio e releio obras de esquerda ou nessa orientação. É preciso uma esquerda escorreita para conter a selvageria do mercado. Eu é quem não vai!