quarta-feira, setembro 07, 2016

O FUTURO DA ESQUERDA É A DESAPARIÇÃO

Diante de tamanha insanidade e má fé de jornalistas militantes esquerdistas e parte de uma justiça totalmente militante contra a democracia, fica a pergunta: fazer o que? Pra mim só resta uma saída: ir as ruas em apoio a policia e ao estado de direito, ao mesmo tempo que se deixa claro que o ministério público não trabalha nem para o pt nem para os esquerdistas, trabalha sim, para a nação, para o país na vigilância da obediência da ordem e da lei.
Assistimos uma tentativa desesperada de defensores da usurpação do bem público, que é fruto do esforço de quem trabalha, de quem trabalhou.
É estarrecedor ver estas pessoas gritando fora Temer, ao mesmo tempo que a policia federal revela os intestinos da atuação da bandidagem petista nos fundos de pensão, bilhões desviados, roubados e os trabalhadores tendo que bancar o prejuízo, é estarrecedor receber mensagem de um aposentado do banco do Brasil com piadas sobre o fora Temer, mas é também saudável saber que estes defensores dos ladrões vermelhos é uma minoria, que na base da violência, buscam fazer barulho, meter medo e revelar que não se importam com a vida de ninguém, nem dos seus iguais, mostram que são bandidos em estado puro de desespero e fazem qualquer ato para impor sua sujeira vermelha, para impor aos brasileiros que trabalham e trabalharam a manutenção das contas de suas medíocres vidas insanas.
Mas por outro lado, eles, os violentos esquerdistas, estão sendo isolados e se hoje tem mais que alguns, se deve ao fato de ser período eleitoral e então nesta situação, as correntes radicais se mobilizam e com o dinheiro fruto de desonestas transações, compram desocupados, marginais e nojentos acadêmicos, que sonham com um cataclismo social, para que o sangue possa rolar. Isolados e cada vez em menor números, os esquerdistas sabem que o futuro é a desaparição, é o retorno ao seu nada e como criminosos acabarem seus porcos dias.
Mas o estrago é grande, você sai do seu trabalho quer ir pra casa e uns poucos malucos impedem a circulação de carros e de pessoas, queimando lixo, jogando pedras e matando pessoas, como o caso do assassinato de Santiago no Rio de Janeiro pelos esquerdistas, isso zanga, causa transtorno e a cada acontecimento deste, nasce no povo a vontade da revolta, e a qualquer momento teremos um confronto entre o povo que quer trabalhar e os malucos que querem viver das tetas do estado, exatamente para evitar este confronto, que acho que uma passeata gigante, ordeira de apoio a polícia deve ser organizada e logo.

www.ronaldobragas.blogspot.com.br
Ronaldo Braga

Nenhum comentário: