sexta-feira, abril 15, 2016

A MAIORIA SILENCIOSA SAIU DO SILENCIO

Bené, o homem de Dilma preso e o pt ainda grita que não vai ter golpe, mas no entanto ele, o PT,  tem razão, vai ter golpe sim, vai ter o golpe de quem foi sempre golpeado, ignorado, vai ter golpe do povo que era conhecido como a maioria silenciosa e que não teve alternativa e teve que gritar, teve que  mostrar que ainda vivia, pois ou dava as caras ou desapareceria nas manobras fascistas das esquerdas.
Quem tem mais de quarenta anos e fez universidade, sabe que em uma sala de um curso qualquer na década de setenta e oitenta, tinha 5 esquerdistas e 36 pessoas que não concordavam com as ideias das esquerdas, mas ficavam em silencio, então esses cinco, gritavam, berravam e se transformavam nos donos das verdades e das agendas daquela sala e do curso e da universidade, a maioria aceitava tudo, era contra a greve, mas acabava tendo que fazer greve, pois não tinham a coragem de dizer não àqueles facínoras que enfurecidos e em total descontrole ameaçavam qualquer um que não concordassem com eles e uma minoria bem minoria, mandava e desmandava numa maioria alarmante, gigantesca em se tratando de quantidade, pois bem, o tempo passou, essa minoria doente, chegou ao poder federal, à presidência da república e de repente o passado voltou na cabeça de milhões, são os mesmo e são minoria e agora querem me enquadrar, tomar meu emprego, me escravizar, acabar com a liberdade de imprensa, fazer do Brasil uma república de ladrões, de drogados, de medíocres, eu estudei e não terei valor nenhum, serei nada, pois sempre fui calado e aceitei o que eles queriam no passado, agora não.
Hoje, o Brasil que acontece, é aquele Brasil que não tinha voz, pois por medo ou por qualquer outra razão, se alijava e perdia  o direito de fazer acontecer o país como queria, agora, por não mais aguentar tanto golpe, esta maioria devolveu e foi as ruas e disse:
- Eu também sei gritar e o que eu quero não inclui o PT, não inclui a esquerda,  o que eu quero é mérito, esforço, honestidade, respeito e nada disso faz parte da história das esquerdas, eu sei, pois desde jovem conviver com a esquerda e sei muito bem que são bandidos, são desonestos, ganham no grito e o que interessa para essa gente vermelha, não é o principio, mas sim o vencer, e para ganhar, defendem o oposto do que defendiam no minuto anterior, por conveniência mudam discursos, com mais facilidade que prostitutas de clientes.
A maioria silenciosa deu um golpe na arrogância do pt e colocou areia movediça em baixo dos pés destes fascistas vermelhos, que achavam que estavam desfilando em um terreno preparado para o seu sucesso.
Então não foi as elites que deu o golpe, as elites recebeu o golpe, as elites desfilam com o pt e quem vive do trabalho seja rico ou pobre sabe que com a esquerda não tem futuro.
Impedimento de Dilma sim, mas agora é preciso pensar em :
- fim do imposto sindical;
- impedimento de juízes do supremo que não serve ao país e rasga a constituição;
- leis duras contra a corrupção;
- penas maiores para deputados corruptos;
- e a avaliação de se impedir que partidos que em seus programas defendem ideias que são inimigas da democracia, possam ter registros para funcionarem.

www.ronaldobragas.blogspot.com.br
Ronaldo Braga

Um comentário:

Fernando J. D. dos S. Pereira disse...

Bravo, Ronaldo! É isso aí: faço minhas as suas palavras. Quero incluir um item na sua pauta de reformas: TODAS as categorias de servidores públicos, aposentados e pensionistas devem ter reajustes pelo MESMO índice.