sexta-feira, março 04, 2016

Um dia histórico

Hoje 4 de março de 2016, se torna uma data histórica. Neste momento coloquei um vinho na geladeira, e dentro de alguns minutos irei brindar a este ato integro da policia federal e do juiz Sergio Moro, o ato da parte do juiz de decretar a condução coercitiva do Lula para depor e da policia federal por cumprir a lei e atuar na condução do chefe do PT o senhor Lula da Silva ao local indicado pelo juiz.
É numa hora dessas que a gente percebe que nem tudo ta perdido, que o Brasil ao longo de sua existência fortaleceu suas instituições ao ponto de mesmo sofrendo um aparelhamento como nunca antes na história, vem vencendo aos usurpadores e garantindo o cumprimento da lei e da ordem, hoje devemos ao Sergio Moro e aos policiais federais pela lisura e pelo cumprimento do rigor da lei e da democracia, como também devemos aos jornalistas que não ficaram de joelhos em troca de moedas e de cargos ou mesmo de afagos, de artistas que não venderam nem suas obras, nem suas almas, prefiro não citar nomes, mas o Brasil sabe muito bem quem de joelhos defendeu o petismo e este governo de mentira, portanto é a essa gente honesta, que devemos nossa liberdade e nossa moralidade: intelectuais isentos, jornalistas sem medos, artistas livres, juízes dignos e cumpridores da carta magna, e de um povo que sem medo votou e sem medo reconheceu o erro e sem medo defenestrou o lulismo de suas vidas, além daqueles que nunca votaram no petismo e sempre lutaram contra as esquerdas e fizeram de suas vidas uma lição para o aprendizado dos mais jovens sobre o que é o liberalismo, assim como também aqueles que na juventude foi de esquerda, mas logo logo com o estudo, percebeu que ser esquerda é a mesma coisa que ser nazista e aprendeu a ser liberal e democrático, pois as coisas boas a gente aprende a fazer, a querer e desejar para si e para os outros.
Nasci no dia 4 de junho, e hoje dia 4 de março, sou surpreendido por um presente dado a mim e ao povo honesto deste país, pela policia federal e pelo juiz Sergio Moro, um gigante de coragem e conhecimento e respeito às leis vigentes.
Salve a democracia, salve o LIBERALISMO.

ronaldobragas.blogspot.com.br
Ronaldo Braga

Nenhum comentário: