sexta-feira, fevereiro 05, 2016

A verdade começa a aperecer

Uma história construída por fatos decentes e atos que engradecem a humanidade, encoraja um comunidade e faz um povo respeitar aquele que com luta, garra e honestidade construiu esta história, mas mesmo toda essa grandiosidade e respeito não indica que esta pessoa de tamanha trajetória não possa sofrer um revés e passar a ser desprezada pelo povo que o amava, basta um ato indecente, basta um fato que seja o contrário daqueles da construção da lenda.
Mas, ao contrário, aquele que traçou sua fama em mentiras, distorcendo os fatos, comprando pessoas nos cargos certos para o seu interesse, criando uma legião de bajuladores na imprensa, tendo sempre matérias que não buscavam os fatos para divulgação, antes atropelar os fatos para caber na biografia inventada desta pessoa, para protege-la da verdade, para tornar-la aquilo que ela não é, nem nunca foi, então, uma pessoa com uma história construída desta forma, na criação de guerra entre grupos sociais, na destruição, pela mentira, de reputações de pessoas, que não ficavam e nem ficam de joelhos, esta pessoa pode acreditar que será eterna a sua fama inventada, uma vez que a rigor, ela não tem problemas com comparações, ao contrário do honesto que desliza, ela sempre deslizou e por isso se acha superior, por que a meritocracia é algo odiado por esta pessoa, ela teve méritos em comprar, anular, destruir adversários, ela não edificou nada além de uma rede criminosa, e ver toda esta rede de proteção e de bajulação começar a ruir como um castelo de areia, faz com que esta pessoa diante do espelho perceba o seu verdadeiro nada, seu tamanho perfeito e então esta pessoa se encoleriza e sentir muita raiva, que já era o seu normal, se radicaliza e a sua constante passa a ser o temor da traição dos de joelhos, dos mercadorias podres comprados e pagos com o dinheiro furtado dos cofres públicos.
Uma pessoa com uma biografia criada no crime, precisa manter a qualquer custo a sua mentira, pois quando desaba o seu respeito, quando a sua verdade vem a tona, a rua passa a ser um local perigoso demais, as pessoas não perdoam àqueles que os faz de bobos e não aceita de volta os que lhes enganaram e que na frente dizia uma coisa e pelas costas fazia outra.
As muitas versões apresentada pelo Lula,em relação ao TRIPLEX  e ao sítio, serviu para por a baixo toda a sua biografia mentirosa e o que escondido estava por baixo da capa de gente honesta, aparece e o povo se horroriza com o que ver, poi ver um criminoso e não um homem que lutava pelo povo, mas um bandido que usava a pobreza para vender a alma do pobre aos ricos e roubar o povo, aumentando, a médio e longo prazo a miséria deste povo que ele dizia amar e defender.

É triste ver um homem grandioso cair, mas este homem tem o seu passado, que no fim ficará para a história, mas uma fraude, quando desnudada nada tem além das revelações da sua face criminosa, da sua mentira, e geralmente quando cai a proteção, todo o crime cometido por esta nulidade, falsamente tornada herói ,aparece e a podridão enoja o povo, que baterá na madeira três vezes, toda vez que ouvir pronunciar o nome desta porcaria, pois os comprados, se vendem em busca de proteção, os covardes, em busca de manter suas infelizes vidas, passam a contar o que sabem e então o caminho para o esclarecimento fica limpo e a verdade de toda sujeira vem à tona e só resta punir e esquecer numa cela, este imundo ser que emporcalha a memória de um país.
O que sobra de tudo isso é a lição, de que quem cresce acusando os outros, não pode ser boa coisa e boa intenção não tem.

www.ronaldobragas.blogspot.com.br
Ronaldo Braga

Nenhum comentário: