segunda-feira, janeiro 11, 2016

SOBRE A FANFARRONICE DE BOLSONARO, O JAIR

Criticar Bolsonaro, ou mesmo criticar um pensador, deveria ser visto como normal e definir de forma clara, o papel desempenhado por Bolsonaro, o pai, na politica brasileira de hoje, deveria ser elogiado por todos os que não se prendem  a pensamentos estabelecidos por razões escusas, mas que antes percebe os fatos como eles acontecem e os coloca não distorcidos, para que  caibam em suas teorias ideológicas, mas os revelam na sua forma crua.
Admiro Olavo de Carvalho, mas o Reinaldo Azevedo, foi certeiro na sua critica ao comportamento de Olavo, um mestre que precisa quebrar o seu próprio espelho, em relação a esta questão BOLSONARO . Aliás, nesta questão Bolsonaro, sobre o próprio Jair,  o Reinaldo foi também certeiro, e  não somente desta vez, pois ele já vem, aqui em seus escritos, deixando claro, quem é golpista e quem luta contra o golpismo. Bolsonaro, existe para que possa  existir  gente como o deputado Jean do psol, nada mais, sua fala é pobre e confunde conhecimento com opinião, concordo com o Azevedo, Bolsonaro   pertence aquela direita que não respeita o pensamento democrático, portanto não interessa ao país, interessa sim ao PT, que tem um discurso pronto para enfrentar gente como Bolsonaro.
Não interessa tirar do poder o pt, para colocar Bolsonaro e sua gente, queremos tirar o pt, para em seu lugar colocar o liberalismo, a democracia e enfrentar o pensamento e a pratica patrimonialista, para enfrentar pensamentos que acreditam que o povo precisa dos militares no poder, acredito que os militares erraram e acertaram, mas não acreditamos no papel politico das forças armadas e sim no processo democrático, republicano e liberal, onde a população participa, trabalha e decide o rumo de seu país, e não queremos tutela de nenhum pensamento autoritário seja de esquerda ou de direita.
Parabéns Reinaldo pela lucidez e pelo repeito ao Olavo, mas você acerta, quando em sua educação diz o que disse e o Olavo que faça sua escolha, continuarei lendo e o criticando, também não pertenço a igreja, portanto Olavo não é o meu papa, e eu não tenho papa, tenho sim, pessoas que eu leio e respeito, gente como o  Olavo, e como o Reinaldo Azevedo .

www.ronaldobragas.blogspot.com.br
Ronaldo Braga

Nenhum comentário: