domingo, novembro 29, 2015

O BRASIL DEVE PENSAR O BRASIL E O POVO É A PONTE PARA ESTA DISCUSSÃO

O Brasil passa por um momento único, temos no poder, um partido que se diz representar o povo , mas que é odiado pelo povo, o povo o tem como quadrilha, e das mais  perigosas e desumanas que se possa pensar, por outro lado temos, os ditos doutores e as ditas universidades, defendendo esta quadrilha como nunca se viu na história deste país, uma categoria, dita pensante, defender assim um governo. E a pergunta que se tem é : o que fazer?
Olha, o Kim Kataguiri, da esta resposta no seu texto o Brasil pautando Brasilia, pois neste ,momento é preciso pensar a relação do povo com o seu governo, seja ele qual for, é necessário que o povo paute as discussões em Brasilia e nas assembleias legislativas de cada estado e em cada município, nas suas respectivas câmaras de vereadores, não pode mais o povo entregar a quem quer que seja, seja bom ou ruim a prerrogativa de escolha do que importa ao povo e ao país, os deputados, estaduais e federais, senadores, e os vereadores, devem rigorosamente discutir a agenda do povo e do país e não a agenda de seus interesses, politico com mandato não tem agenda própria no exercício do mandato, o partido não é a agenda do politico com mandato, a agenda do partido tem, que ficar de fora da agenda do mandato e o mandato deve unicamente discutir os interesses do país e não do partido ou do politico.

O partido que no momento afunda o país, transformou o seu partido, no dono da alma e do corpo do país, se apropriando da sua agenda, de suas riquezas e de suas empresas para o proveito pessoal de seu grupo e aliados e para enriquecimento do seu líder e familiares,.

O momento é de reflexão e de aprofundamento da participação do povo na fazer politica e fazer politica é impor a agenda do povo ao congresso, ao senado, às assembleias e as câmaras de vereadores, isto é um passo, mas um pequeno gigante passo.
Devemos hoje, discutir o projeto liberal da economia, enfrentar com fatos as mentiras das vantagens do estatismo, mostrando a história como prova que estatais só serve para a corrupção dos políticos e partidos e nenhuma vantagem para o povo, pois o povo precisa é de emprego, boa renda e uma boa disputa de mercado, para comprar o melhor produto pelo melhor preço.
A hora é de enfrentar de cabeça erguida o lamaçal que assola a dignidade nacional, deixamos em mãos sujas nossos destinos e fatalmente vivemos em um esgoto vermelho, precisamos de uma limpeza, mas antes de mais nada precisamos assumir o nosso papel, pois do contrário estaremos sempre tendo que fazer limpezas.

www.ronaldobragas.blogspot.com.br
R.B.Santana

Nenhum comentário: