quinta-feira, julho 24, 2014

Sobre Suassuna

A saga de Suassuna é antes, uma busca, não da alma, mas dos atos humanos de gente que faz das tripas coração pra viver, Suassuna não busca a lama, mas sim  o “modus operandis” de personagens que presos em realidades aparentemente reduzidas, criam situações cosmopolitas e que nada tem de derrotistas. 
O Suassuna com sua forma de falar de fatos e de pessoas, tornou mais fácil o entendimento deste gigante nordeste, pois partindo do local ele chega ao universal, .
Ele, o Suassuna, não somente não se curvou ao real-socialismo, como também não buscou a facilidade das frases prontas para agradar ao grande público, Suassuna tinha em mente uma estética que sempre povoou a alma do nordestino e que tanto nas feiras, como nas brincadeiras se fez presente e esta alma herdada de sonhos, herdada de uma opressão ou mesmo de uma necessária estrada inventada, estética esta que também influenciou gente como Lampião e suas danças e roupas, O nordeste sempre buscou São Sebastião e a origem algum cordel já decretou e ainda algum outro cordel vai em novo decreto tudo isso reescrever.

R.B.Santana

Nenhum comentário: