quarta-feira, maio 14, 2014

JOGO


A vida pode ser um novo jogo de letras velhas
e entre sombras e palavras
a mentira linda é a cara do progresso.

Nem mesmo a minha confessa incapacidade
muda o escarnio do meu existir.
o que quero senão burlar consciências e me fazer belo?

Já não basta ser sincero
pra rastejar precisa mais.

E nem mesmo meu choro ou ainda aquela mordaz ironia
disfarça minha podre aptidão ao topo.
Mas nos meus sonhos mais singelos
é a queda que embala minhas noites
e acordar é sempre um momento entorpecido

E dor, riso, beijo, amor
são imagens distantes que desesperadamente agarro.

R.B.Santana

Nenhum comentário: