quinta-feira, janeiro 09, 2014

o dentro do fora, lá fora no dentro


Aqui dentro tudo é silencio inerte,
passado turvo, disforme.

No presente oco
o passado é um não lugar revisitado
lá fora a vida saltita,
é Força, batalha,
lá fora o dentro vive
o futuro o lá fora conquistado.

O ente  um lugar recalcado
o aqui dentro sem o lá fora
  morte, morte e morte.

Lá fora o dentro ri
e as intenções se escondem,
o fora arrebenta o nada
a força integra o todo,
um presente engradecido.

 No dentro versus o lá fora
nasce o ser.
Vim a ser
numa construção do ousado.

R. B Santana

Nenhum comentário: