quarta-feira, abril 24, 2013

palavras que deformam 2

Festejo ser sombras de cacos e me sonho vida humana,
eu, humanamente inumano, vivendo em um eterno e sem fim  deserto, na bela e opaca humanidade.

ronaldo braga

Nenhum comentário: