segunda-feira, abril 13, 2009

Texto extraído da peça teatral FUCSIA, de ronaldo braga e nelson magalhães filho

Betty Blue OST "Le Petit Nicolas"



Seus olhos são meus olhos do passado, você é triste.
Eu sou um morto e você procura justificativas, mas irei falar, atento a você.
Eu lamento não ter matado mais pessoas, eu lamento por todos os vivos estarem vivos, eu sofro em cada felicidade alheia. Claro que foram vários os momentos em que fiquei excitado. A felicidade para mim sempre foi poder observar ao longe o enterro da minha vítima. Eu com um binóculo observava atentamente rosto por rosto, seio por seio, bunda por bunda. A expressão de tristeza é surpreendente quando verdadeira, não tem uma máscara determinada, o indivíduo pode ficar dando risinhos curtos e contidos repetidas vezes, ou ficar olhando para lugar nenhum. Houve enterro que eu me zanguei e fui embora, a família sofria artificialmente. Injustos. Eu lhes dei um morto, uma chance única de expressar algo de verdadeiro em si, a dor, a raiva e a sede de vingança. Injustos, não reconheceram no meu trabalho tanto a importância da vida para eles, como pela qualidade na execução do serviço. Nada a reclamar, só chorar, e eles choram e não me convencem. Lamento não tê-los matado ali mesmo no cemitério. A bem da verdade matei alguns depois. Lamento não ter matado aqueles caçadores quando na manhã do ultimo domingo saindo das brumas os encontrei desesperadamente abatidos e nos olhos dos cães a tristeza latia em dor. Mereciam morrer...eu estou morto e vi em você a morte.
Sofro pelos anjos dissidentes com seus passos tristes e choro lágrimas celestiais nos jogos obscenos das janelas e das madrugadas. Eu sofro nos olhos visionários dos anjos partidos e as dores como os ventos são anjos bestiais que me beijam com sangue e aço.
Eu já escolhi quem morre.

ronaldo braga e nelson magalhães filho

17 comentários:

Anônimo disse...

I
M
seo

SEO是目前最新興的廣告曝光方法,SEO搜尋行銷提供了專業的關鍵字排名與SEO搜尋引擎最佳化服務,讓你的網站在SEO排名遙遙領先,歡迎洽詢SEO的專家 ... SEO自然排名 規劃架設seo seo網站 專業關鍵字公司1通電話幫您把網站排名到第1頁、 想要讓自己的網站大量曝光嗎? ...

宜蘭民宿

a383



5

a

pianistaboxeador21 disse...

Numa palavra, Braga: MATADOR.

Um texto dramático híbrido de poesia.

Abraço,

Daniel.

Se puder. Visite:

http://www.amalgama.blog.br/04/2009/frida-kahlo-maravilhosa-e-visceral

Braga e Poesia disse...

anonimo fico dispensado de comentar seu comentario.
abraços e volte sempre.
daniel lopes(pianista boxeador)é isso matador e poesia. abraços.

Braga e Poesia disse...

anonimo fico dispensado de comentar seu comentario.
abraços e volte sempre.
daniel lopes(pianista boxeador)é isso matador e poesia. abraços.

Diego Pinheiro: disse...

Puxa, Ronaldo, você não sabe como é um alívio ler esse texto. Quando comecei a escrever "GAIOLA" - na verdade um fragmento que me deu a idéia da peça - e pus um fragmento no meu blog, e de alguma forma Reinaldo me dizia que lembrava Fúcsia, me desesperei... Não queria copiar ninguém, e eu não conhecia esse seu texto. Fiz o enredo, mostrei pra Reinaldo, aí ele disse: "Realmente, não parece com Fúcsia!" Isso foi um alívio pra mim, sabe?! E é mais alívio agora que leio esse fragmento.
Já estou acabando a peça, estou no terceiro e último ato, espero que possa ver nos palcos, ou até mesmo trabalharmos juntos com ela, professor.

Abraços Braga

Braga e Poesia disse...

falou diego. estou querendo fazer uma peça vc, diane e conceição. topa.
abraços

Anônimo disse...

Braga,
Já fiz aqui em teu blog breves comentários sobre o que eu acho de tua dramaturgia. Alguns anos atrás li "Fúcsia", numa edição que me destes na casa de nosso saudoso e querido amigo Zeca de Magalhães. E ao ler "Fúcsia", como não costumo mentir, a tua dramaturgia me levou a escrever um conto que se se intitulou "Na palidez da covardia".
Eu fico feliz e aplaudo quando um poeta e dramaturgo do teu quilate consegue acertar o alvo, seus leitores ou espectadores nesta província de tantos embustes. Parabéns, mais uma vez! Abraços! Miguel Carneiro.

pianistaboxeador21 disse...

Oi Braga. Eu de novo. Li seu comentário no Amálgama e voltei pra agradecer. Pode postar o texto à vontade e obrigado pela parceria.

Abração,

Daniel

Anônimo disse...

QUANTO AO COMENTÁRIO POSTADO LÁ EM CIMA NUM IDIOMA QUE MAIS PARECE UM HIERÓGLIFICO, NÁO SE ASSUSTE: O TALENTO INCOMODA OS MEDÍOCRES. GRANDE ABRAÇO!MIGUEL CARNEIRO.

Luciano Fraga disse...

Braga, já li o Fúcsias várias vezes," de morte",fiz citações em meu livro das passagens de Lakarus e Bernardo dois opostos e suas buscas ou perdas(?) gostaria muito de assistir o filme, será possível?Abraço.

Diego Pinheiro: disse...

Mediocridade!
Não está se referindo ao profissional errado, Sr?
Não foi o Sr mesmo que esclareceu acima a questão de se inspirar em um texto do próprio?
Bem, de qualquer forma, é de grande prazer o mundo ser dotado de talentos como o Sr.

Anônimo disse...

DIEGO PINHEIRO,
EM QUALQUER TRECHO DE MEU BREVE COMENTÁRIO TECI OU ALUDI O FATO DE QUE OS MEDÍOCRES TEM INVEJA DO TALENTO RONALDO BRAGA. SENHOR ESTÁ NO CÉU, ASSENTADO NO TRONO, AO LADO, DE MINHA MADRINHA MARIA IMACULADA. NÃO ENTRE NESSA DE ME PROVOCAR. SIGA SUA ESTRADA. ESCREVA O QUE VOCÊ TIVER AFIM. NADA LHE ATINGI. E MINHA MISSA É DE CORPO PRESENTE. NÃO ME PROVOQUE! SOU AMIGO DE RONALDO BRAGA HÁ MAIS DE 35 OUTONOS, ME ESQUEÇA!MIGUEL CARNEIRO

Diego Pinheiro: disse...

Sr. Miguel Carneiro
Ora, claro que será muito bem esquecido "Sr amigo de Ronaldo Braga". E creio que devo desculpas ao Sr, por ter me equivocado. Vi outros anônimos aqui, e já tinha lido muitas outras provocações relacionadas a Braga, mas ainda não tinha me expressado.Mas digo que de qualquer forma, além das desculpas, um amigo deveria ser claro, se me entende, sem "anonimalismos", mas aí já uma escolha do Sr.Não veja isso como uma provacação, e é claro que não precisa se exaltar "Sr amigo de Ronaldo Braga". Desculpe-me o ato de chamá-lo de Sr, é quando tento dialogar com desconhecidos.

Anônimo disse...

DIEGO PINHEIRO,
NÃO HÁ EM MEU BREVE COMENTÁRIO NADA QUE SE RELALIOCIENE A VOSSA SENHORIA, SEGUE PARA VOCÊ, E OS QUE VISITAM ESTE BLOGUE ESTE POEMA DE UM PAULISTA QUE EU ADORO. ME DEIXEM EM PAZ!
"Não sei palavras dúbias. Meu sermão
Chama ao lobo verdugo e ao cordeiro irmão.

Com duas mãos fraternas, cumplicio
A ilha prometida à proa do navio.

A posse é-me aventura sem sentido.
Só compreendo o pão se dividido.

Não brinco de Juiz, não me disfarço em réu.
Aceito meu inferno, mas falo do meu céu."

In Poética
José Paulo Paes (1926 – 1998)
Epigramas, São Paulo: Cultrix, 1961.

Marcia Barbieri disse...

Simplesmente lindo!!!! E veio bem a calhar,estou a meses com um conto na cabeça sobre um matador e ficava pensando como sair uma coisa poética com esse tema,aí está a resposta soberana. e a música é linda,adorei!!!

beijos ternos e de admiração

Zinaldo Velame disse...

Maravilha de texto, Ronaldo! Parabéns a você e a Nelson pela bela escrita. Abraço!

Anônimo disse...

N
W
seo
SEO是目前最新興的廣告曝光方法,SEO搜尋行銷提供了專業的關鍵字排名與SEO搜尋引擎最佳化服務,讓你的網站在SEO排名遙遙領先,歡迎洽詢SEO的專家 ... SEO自然排名 規劃架設seo seo網站 專業關鍵字公司1通電話幫您把網站排名到第1頁、 想要讓自己的網站大量曝光嗎? ...


a383
5

v