segunda-feira, abril 30, 2007

EU HOJE ACORDEI E...

Eu hoje acordei
com o mundo em meus olhos,
e você me dizia
madrugadas verdes em palavras espanholas,
Violeta Parras
sorria musicas em meus lábios
e sem você
tristezas
cantavam flores em uma canção de ninar.

O mar
insistia porradas em minhas pedras
e acordar era morrer em meias luas.

E você tão longe ainda
sorria em poemas,
e
recorrentes palavras
cansavam meu jardim.

ronaldo braga


Hoy desperté
con un mundo en mis ojos
y tu susurrabas
madrugadas verdes en español,
Violeta Parras
sonreía música en mis labios
y sin ella
tristezas
cantaban flores en una canción de cuna.

El mar
insistía oleadas en mis piedras
y despertar era morir en medias lunas.

Y tu tan lejos aún
sonreías en poemas,
y
recurrentes palabras
hastiaban mi jardín.

Poema de RONALDO BRAGA
Tradução do português para o espanhol de GRACIELA MALAGRIDA

6 comentários:

Fabrício Brandão disse...

Meu caro,

Você, como sempre, afiado no sentir poético. E contra as investidas desse mar infindo, resta-nos as pedras de uma resistência, limiar do humano.

Abraço poético!

PS: Comunico-lhe que nossa revista agora se chama DIVERSOS AFINS. SEJA BEM-VINDO SEMPRE!

www.diversos-afins.blogspot.com

NOVO E-MAIL: diversosafins@gmail.com

ronaldo braga disse...

é isso aí Fabricio e vc é muito agradavel e sensivel, esse poema é uma realidade de sonhos em minha VIDA e eu adorei a traduçõa realizada por graciela malagrida, uma Portenha linda que escreve poemas lindos e filosóficos, ela tem em seus poemas uma poetica apaixonante.

graciela malagrida disse...

Bravo Ronaldo! aplausos de pie y un gran abrazo.

anjobaldio disse...

Um belo poema triste, digno de alguns vinhos. A tradução da Graciela tem o espírito da melancolia. Grande abraço.

Anônimo disse...

Esse me deixou com ciúmes.....

sandro ornellas disse...

Olá, Ronaldo. Agradeço sua visita ao simulador e suas palavras. Visitando seu blog, admito que fiquei meio abalado por alguns textos, de cara este "Hoje acordei". Vou retornar.
Parabéns!
Sandro