sábado, abril 14, 2007

EM MEU CORAÇÃO

Em meu coração
sangue,
em meu coração
luas bebadas tropeçam
e cactos loucos em fugas
cantam jardins distantes.


Em meu coração,
a flor
chora em pedaços
e lagrimas pretas
desfloram virgens.

Em meu coração teima
a escuridão
dos olhos teus
e
o amor arde
em eternas labaredas.

ronaldo braga

Em Meu Coração já foi publicado neste blog eu o estou re-publicando, por que ele foi traduzido por Pedro Vianna e publicado no site francês:
http://poesiepourtous.free.fr
e
Clique em POEMES DU MOIS
Daqui quero registrar o meu agradecimento ao Pedro Vianna que vai traduzir outros poemas meus.
E agora tambem traduzido para o Espanhol pela poeta Argentina Graciela Malagrida e publicado em:
http://uni-versovirtual.blogspot.com/
é só clicar em GRACIELA MALAGRIDA.

2 comentários:

luciano fraga disse...

Ronaldo,"porque meu coração é delinquente,juvenil,suicida, sensível demais..." Vejo que o coração do velho poeta arde em labaredas.Serão as belas poetas(poesias),vindas de outras terras a causa de tanto fogo?

anjobaldio disse...

Minhas luas sempre foram mais bêbadas que meus sóis.