quinta-feira, abril 12, 2007

DIA DA POESIA

Indefinida a poesia, que pode ser amiga da profunda serenidade da alma como da sublime superficie poetica dos passaros, com uma generosidade que escapa ao humano. Companheira da palavra AMOR, a poesia, é como o ar, como a luz e como a sombra, razão pela qual a UNESCO, considerando que o mundo tem necessidades estéticas e que essas necessidades são essenciais, e que a poesia está capacitada para trabalhar essas necessidades, lhe assegurou um dia: O dia da poesia. Então, abrindo iquais possibilidades para todos os humanos de confrontar-se e reconhecer-se e de encontrar e ou reencontrar-se com giagantes pensadores literatos, que conseguem sintetizar o coração da vida em versos, o dia 21 de março, foi escolhido para semelhantes encontros, ainda que desde o principio se saiba que, sendo imanente, a poesia, tem pra si todo dia e toda noite como seu dia, e mais ainda, porque a musicalidade de seus infinitos habitús, vieram de entre as visceras, que se transformam em ajuda quando menos se espera.
A poesia uma necessidade que alguns não conhecem, mas que como o ar que não se define mas se respira, te deseja e se deseja.
A poesia pois, é o mesmo definitivo bom dia sempre, sempre.


MABEL BELLANTE

http://ebelina.blogspot.com
Uma bela Poeta da Argentina
que tambem faz parte do BRAGAS E POESIA

2 comentários:

Braga e Poesia disse...

o braga poesia agora é um blog internacional, temos poetas da Argentina, chile, e recebemos material da colombia e nós vamos publica-los na medida do possivel abrindo espaços para o blog neste mundo hoje pequeno, e estamos tambem sendo publicado em chile e agora vamos ser na argentina.
Sejam bem vinda os e as poetas desse imenso-pequeno mundo.

Ma Bell disse...

La poesía es un universo diferente. Algo que une y socava, que delimita almas. Gracias, Ronaldo, por transcribir el escrito. Te envío un fuerte abrazo! Mabel.
http://ebelina.blogspot.com