quarta-feira, março 14, 2007

DIA DE FEIRA

Procurei a dona da noite
não encontrei
nem um dia.
Quis tomar emprestado
mesmo que fosse
um domingo
ou qualquer outro
feriado
um dia de férias
ferido
no meio da feira
de sábado
fartura
verdura
o chão escorregando
feito quiabo.
A mão no bolso
alguns poucos trocados
as pingas que engulo
nos botecos e vendas
vou deixando penduradas
a carne com osso no açougue
o pescoço,o tutano
escorre no fio do machado.
O pão,a linha,o pente
a fita,as frutas
o doce das crianças
vão ficando
só na vontade...
Vazio
vou voltando
tropeçando,caindo
embriagado
levando restos estragados
do antigo mercado
ao cair da tarde
sem a luz do sol...



Autor: LUCIANO FRAGA


________________________________________

Um comentário:

Márcia do Valle disse...

Olá! Interessante seu blog. Vou te linkar no Solta no Mundo, ok?