terça-feira, fevereiro 06, 2007

O AMOR E O USO DOS PRONOMES

meu amor me presenteia com flores esquecidas na rua
meu amor tem pesadelos para que eu durma quentinha
meu amor é um urso com a pelucia por dentro
meu amor é meu

: porque essa lingua é surda
nos enrosca e troça
e só pensa nos possessivos

ANA RUSCHE

( acesse o blog: http://peixedeaquario.zip.net/
e veja outros trabalhos dessa poeta que pra mim marca com qualidade a poesia que se faz hoje no Brasil, além de com muita coragem e sabedoria falar de outros muitos assuntos. Vale a pena realmete ler Ana Rusche e sempre passar por seu blog)

Um comentário:

adelice souza disse...

ronaldo,
bem-vindo a casa, sempre que puder apareça para um chá.
e venha com esse amor e os seus pronomes.
E de cruz? então somos vizinhos. sou da cidade do poeta condoreiro.
adelice